O que harmoniza com Quetzalli?

O que harmoniza com Quetzalli?

 O QUE 

HARMONIZA COM QUETZALLI? 

Descubra quais pratos valorizam ainda mais seu drink!

Quando o assunto é harmonização, automaticamente pensamos em vinhos. Afinal, na maior parte do mundo, ao longo dos anos, essa é a bebida mais difundida, prestigiada e consumida. Mas as cervejas artesanais, os drinks, destilados e o café estão, cada vez mais, ocupando o espaço que era preenchido quase completamente pelo vinho. 

A Quetzalli, que é uma bebida mista à base de tequila blanca e totalmente natural, não seria diferente das citadas, e tem a sua vaga garantida na harmonização. Como qualquer outra bebida, a Quetzalli pode ter seu corpo e sabor intensificados, reduzidos ou até anulados quando é combinada a certos alimentos. E para combiná-la e experimentar os melhores efeitos da harmonização, é importante se atentar para alguns critérios. Aqui, vamos apresentar quais são os alimentos que melhor harmonizam com a Quetzalli. Acompanhe e entre nessa viagem culinária com a gente.

Como funciona a técnica de harmonização?

Antes de explicar com quais alimentos a Quetzalli se harmoniza, é importante entender um pouco sobre como funciona a técnica de harmonização em si. A harmonização consiste em combinar a bebida que, de maneira equilibrada, mais complemente a comida que será consumida. O ponto crucial é não deixar a bebida se sobressair e a comida perder sua potência, e nem fazer com que a bebida fique obsoleta nessa refeição. Há que se criar um elo onde os dois elementos sejam complementares e ajudem a destacar as características de cada um deles. 

Basicamente, existem dois tipos de harmonização: a clássica e a moderna. A clássica se baseia em estudos que seguem padrões de harmonização, buscando equilibrar os elementos entre eles. Já a moderna permite que se beba o que se gosta com a comida escolhida ou preferida.  Essa última é aplicada em grande parte dos casos, quando não se tem conhecimento do que funciona melhor com essa ou aquela bebida, ou acesso a determinados ingredientes. 

 Aqui, consideramos a harmonização clássica, mas vale dizer que, após a degustação inicial, pode-se tomar uma taça de Quetzalli em quase todas as ocasiões. No Brasil, um país tropical, esse coquetel refrescante propicia um final feliz todos os dias, o ano todo.

Como é a Quetzalli no paladar?

Após a degustação da Quetzalli, imediatamente notamos a fruta em abundância, muito tropical e fresca, além da potência da tequila, não muito alcóolica, mas evidente. Por fim, sentimos um tom adocicado muito parecido com um melaço de cana, que vem do agave encontrado na composição da Quetzalli.

Não encontrei nenhuma interferência de componentes químicos, tudo muito limpo nos aspectos olfativos e gustativos. Visualmente, tem uma cor natural da própria fruta que o integra. 

 Na primeira prova, percebe-se a acidez marcante do limão e do maracujá, o corpo médio com o equilíbrio da tequila e o adocicado da calda de agave. Quando se trata de acidez, uma das grandes vantagens é que essa característica vai limpar as papilas gustativas. Assim, a bebida vai bem com pratos mais untuosos, picantes e marcantes. 

Uma bebida com acidez é uma bebida muito gastronômica, porque a maioria dos pratos apresenta algum desses traços. Dizemos que é uma bebida que “pede comida”. 

A tequila, sozinha, tem alto teor alcoólico, mas não nesse caso. Não incomoda quando provamos, não agride o nariz. Muito pelo contrário, traz estrutura e complexidade, deixando o drink ainda mais interessante. Poderíamos afirmar que se complementaria bem com algo leve, mas não muito insosso ou ligeiro. 

Por último, temos o dulçor do agave, evidenciado pelo maracujá. Ao falar de dulçor, sem excessos, destaca-se a acidez dos pratos, acentua o sal e não anula o doce da própria bebida.

Por conter boa acidez, a Quetzalli é uma bebida muito gastronômica!

Quais pratos harmonizam com Quetzalli?

Os pratos que acompanhariam a Quetzalli numa harmonização perfeita seriam: untuosos, bem temperados e de corpo médio. Portanto, os peixes e frutos do mar com certeza, mas com o diferencial de um acompanhamento mais potente: como a moqueca de peixe branco; a massa de vôngoles com molho de manteiga; os mexilhões com beurre blanc e o risoto de camarões. Veja, logo abaixo, outros pratos que harmonizam bem com a Quetzalli.

Carnes vermelhas

Creio que as carnes vermelhas podem ser uma concorrência para o coquetel, mas, para os amantes de carne, podemos pensar em substituição por lombo suíno com chutney de fruta. O lombo de porco é uma opção de carne magra, que exige um modo atencioso de preparo para garantir o sabor e a suculência.  Por ser seco, o lombo vai sempre bem com um molho. No caso do chutney, o condimento agridoce pode ser feito com fruta e legumes, além de levar diferentes temperos para incrementar o seu sabor.

Culinárias Orientais

Culinárias orientais com mais especiarias, como a Tailandesa, também se sairiam muito bem por serem picantes e bastante untuosas. Um dos pratos mais populares da culinária tailandesa, que pode ser uma ótima opção com a Quetzalli, é o Guay Jub. Trata-se de uma sopa que leva noodles de arroz, carne de porco, tofu e ovo cozido. Outro prato típico da Tailândia é a salada de mamão, servida como acompanhamento de pratos principais. Os seus ingredientes são: mamão verde misturado ao tomate, vagem, outras verduras e legumes, chilli, açúcar, molho de peixe, limão e suco de tamarindo. Também não podemos deixar de sugerir o Pad Thai, talvez o prato mais conhecido da cozinha tailandesa, que pode ser encontrado em restaurantes brasileiros e até feito em casa. O prato é uma mistura deliciosa que leva macarrão de arroz, camarão, molho de tamarindo frango, tofu, ovo, amendoim, coentro e broto de feijão.

Aperitivos fritos

E não poderiam faltar os aperitivos fritos, onde a Quetzalli mostraria seu verdadeiro potencial. Croquetes variados, coxinhas, torresmos e tempurá de legumes são ótimos exemplos para tornar sua noite completa.

Se você quer acompanhar sua taça de Quetzalli com aperitivos bem brasileiros, prepare porções de espetinhos de coração de frango e de camarão alho e óleo.

Para preparar seus espetinhos de coração de frango, separe: 

  •  6 dentes de alho amassados; 
  •  sal a gosto; 
  • cerca de 1 kg de coraçãozinho de frango. 
Tempere os corações de frango com os dentes de alho amassados e sal. Deixe-os descansar por 1 hora. Em seguida, espete 5 ou 6 em cada espeto e coloque todos eles na churrasqueira. Quando perceber que um lado está dourando, vire cada espetinho e espere o outro lado dourar.

Gostou da receita espetinhos de coração de frango? Agora, veja o que você precisa para fazer o camarão alho e óleo: 

  • cerca de 1 kg de camarão; 
  • 2 colheres de sopa com azeite de oliva; 
  • 4 ou 5 dentes de alho; 
  • 1 colher de chá com sal; 
  • 1 colher de sopa com suco de limão; 
  • algumas rodelas de limão para servir no prato. 
Lave muito bem os camarões ou compre-os já limpos. Retire a cabeça deles  e coloque a porção dentro de uma tigela com sal, limão, dentes de alho amassados e dentes de alho fatiados. Deixe os camarões no tempero durante mais ou menos 30 minutos antes de fritá-los na frigideira.


Comidas Veganas

Por fim, um desafio aos veganos que não abrem mão de uma boa comida. A Quetzalli é o casamento perfeito para uma feijoada sem nada de proteína animal, acompanhada de couve frita e farofa bem temperada.  A feijoada vegana vai ter estrutura equilibrada com a tequila, a acidez do coquetel vai cuidar da untuosidade, e o dulçor vai destacar as melhores características do prato.


A Quetzalli é extremamente tropical, fresca e tem tudo para combinar com a cultura e gastronomia do Brasil. Como vimos, a harmonização vai muito além de uma técnica só para quem é a da culinária ou entende muito do assunto. 

Saber harmonizar bem os alimentos com as bebidas tornam as refeições de qualquer um experiências mais agradáveis. Quer conhecer melhor a Quetzalli, os seus ingredientes e origem? Aproveite a visita ao nosso blog para conhecer tudo sobre a bebida Quetzalli.

Daniel Pacheli
Construí minha carreira na hospitalidade, mas foi na restauração que me encontrei. Trabalhando há mais de 8 anos na área, sempre foi um prazer buscar o rótulo ideal para cada pessoa e prato, mas foi quando surgiu a oportunidade de curar minha primeira carta de vinhos que me joguei nessa. Então, tudo se misturou e fazer consultorias se tornou ainda mais presente no meu dia a dia. Sou doido por comer e beber bem, sempre rodeado de amigos.

Deixe um comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados

Buscar nosso site

Carrinho de compras

Carregando Ambiente Seguro